Esgoto

ETE Conquista

No dia 02 de dezembro de 2016 foi inaugurada a ETE Conquista. Considerado a maior obra da história de Itaguara, o funcionamento desta proporciona a cidade um índice de tratamento de esgoto de 98%.

 

Saibam um pouco mais sobre a importância do tratamento de esgoto e a finalidade da ETE Conquista:

Saneamento básico é o conjunto de medidas que visam garantir a preservação ambiental e a manutenção de resíduos através de serviços de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário. Tem por finalidade diminuir o impacto ambiental, promover o aumento da qualidade de vida da população e a prevenção de doenças, sendo um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei n° 11.445/2007.

            A implantação de rede coletora, interceptação e estação de tratamento de esgoto sanitário visa conduzir as águas oriundas de uso doméstico a um tratamento para remoção dos principais poluentes com a finalidade de assegurar a qualidade das águas e atender aos padrões legais de lançamento no corpo receptor.

            Em nível federal, esses padrões são estabelecidos pela Resolução n° 430/2011 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e no estado de Minas Gerais, pela Deliberação Normativa Conjunta do Conselho Estadual de Política Ambiental (COPAM) e do Conselho de Recursos Hídricos do Estado de Minas Gerais (CERH-MG) n°1/2008.

            Apesar dos avanços verificados nos últimos anos, o destino mais provável da maioria dos esgotos sanitários sem tratamento são os rios, lagos, córregos e outros, causando a poluição dos recursos hídricos e colocando em risco a saúde pública.

Itaguara é uma cidade privilegiada, uma vez que o SAAE do município investiu na ampliação do sistema de coleta, na despoluição do córrego Conquista e vem desde dezembro de 2016 tratando o esgoto da população do município.

            Por se tratar de um investimento de alto custo de implantação, torna-se necessária uma crescente consciência dos itaguarenses uma vez que é de extrema importância o controle do que é descartado nas redes coletoras para que se possa ter uma rotina de operação bem executada.

            As estações de tratamento de esgoto (ETEs) são unidades destinadas a receber os esgotos e através de processos físicos, químicos ou biológicos removem as cargas poluentes dos esgotos, devolvendo ao ambiente o efluente tratado.

            O tratamento dos esgotos é classificado através dos níveis preliminar, primário, secundário e terciário. O tratamento preliminar objetiva a remoção de sólidos grosseiros; o primário, de sólidos sedimentáveis em suspensão; o secundário, de matéria orgânica fina em suspensão ou na forma de sólidos e eventualmente, nutrientes; e o terciário, a remoção de poluentes específicos ou a remoção complementar de poluentes não suficientemente removidos no tratamento secundário, como por exemplo, os patogênicos, compostos não biodegradáveis, metais pesados, sólidos inorgânicos dissolvidos e sólidos em suspensão remanescentes.

            O tratamento da ETE Conquista conta com a chegada do esgoto bruto através das tubulações implantadas ao longo do córrego, com o auxílio das estações elevatórias. Posteriormente, é feita a remoção de sólidos grosseiros e areia e em seguida o efluente vai para os reatores UASB. Neste local, é feito o tratamento biológico do esgoto no qual as bactérias anaeróbias decompõem a matéria orgânica separando o esgoto nas frações de lodo, gás e líquido clarificado. O líquido passa ainda por um filtro antes de ser lançado no rio e o lodo resultante dos reatores é seco, sendo em seguida encaminhado para destinação final no Aterro Sanitário.

            Para uma boa eficiência do processo é de extrema importância a contribuição consciente da população, uma vez que o descarte incorreto de efluentes na rede pode provocar uma redução na eficiência do processo e acarretar em problemas para toda população.

 É MELHORIA DA QUALIDADE AMBIENTAL REFLETINDO EM QUALIDADE DE VIDA!

© 2019 Itaguara . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.