Resíduos

Reciclagem

Reciclagem

 

Embora o termo lixo se aplique aos resíduos sólidos em geral, muito do que se considera lixo pode ser reutilizado ou reciclado, desde que os materiais sejam adequadamente tratados. Além de gerar emprego e renda, a reciclagem proporciona uma redução da demanda de matérias-primas e energia, contribuindo também para o aumento da vida útil dos aterros sanitários. Certos resíduos, no entanto, não podem ser reciclados, a exemplo do lixo hospitalar ou nuclear.

Reciclagem é a utilização do que já foi usado, transformando em novo objeto. Existem vários tipos de lixo: domiciliar, industrial, hospitalar, comercial público e outros altamente perigosos. Quando reciclamos o lixo, poupamos dinheiro, economizamos energia e preservamos o meio ambiente.

O QUE PODEMOS FAZER PARA AJUDAR? Com atitudes relacionadas aos nossos hábitos de consumo que ajudam a poupar os recursos naturais, gerar menos resíduos e minimizar seu impacto sobre o meio ambiente.

O QUE PODE SER RECICLADO?

VIDROS: garrafas de bebida alcoólica e não-alcoólica; frascos em geral ( molhos, condimentos, remédios, perfumes, produtos de limpeza); potes de produtos alimentícios; cacos de qualquer dos produtos acima.

PLÁSTICOS: todos os tipos de embalagens de xampus, detergentes, refrigerantes e outros produtos domésticos; tampas plásticas de recipientes de outros materiais; embalagens de plástico de ovos, frutas e legumes; utensílios plásticos usados, como canetas esferográficas, escovas de dentes, baldes, artigos de cozinha, etc.

PAPEL: jornais e revistas, listas telefônicas, papel sulfite/rascunho, papel de fax, folhas de caderno, formulários de computador, caixa em geral, fotocópias, envelopes, rascunhos, cartazes, cartolinas e papel cartão.

O QUE NÃO PODE SER RECICLADO?

VIDROS, CERÂMICAS E SEMELHANTES: Vidro de automóveis, Vidro de janela, Espelhos, Cristais, Lâmpadas (de todos os tipos), Vidro de boxe de banheiro, Vidro temperado, Ampolas de remédios, Cerâmicas, porcelanas, pirex e louças, Acrílicos, Lentes de óculos, Tubo de TV.

PAPÉIS: Papel celofane, Papel carbono, Papel Higiênico, Guardanapos e papel toalha com restos de alimentos, Papel laminado, Papel plastificado, Fraldas descartáveis, Espuma, Etiquetas e adesivos, Fotografias, Fita Crepe, Saco de cimento.

METAIS: Latas enferrujadas, Clipes e grampos, Esponjas de aço, Latas de tinta, verniz, inseticida e solvente, Aerossóis.

PLÁSTICOS: Pote mole de iogurte.

OUTROS: Esponja de Limpeza Doméstica, Espuma Vinílica Acetinada (EVA), Embrulho de salgadinho e bala, Rolha de Vinho (feita de cortiça).

Observações:

Isopor: este material (espécie de plástico) pode ser reciclado. Porém, muitas empresas que trabalham com reciclagem rejeitam o isopor em função do baixo retorno financeiro que representa.

Fonte: www.institutogea.org.br 

© 2019 Itaguara . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.